Como o FBI capturou ‘Dread Pirate Roberts’ e fechou o Silk Road

“Dread Pirate Roberts” O Silk Road, o maior comércio online de drogas do mundo, foi alfinetarão pelos agentes federais nos Estados Unidos em seguida de dois anos operando.

O manda-chuva do site, familiar quanto Dread Pirate Roberts, foi também capturado. Mas se todos sabiam desde 2011 que o Silk Road idade um alturaem qual lugar drogas eram comercializadas livremente, por que o FBI demorou tão para sacar terminar suas operações? Para condicionalidade pergunta, é definido saber quanto foi feita toda a operação.

Ross William Ulbricht, o “Dread Pirate Roberts”, é uma contestação ambulante.

O estado afirma que ele arrecadou aproximadamente 80 milhões de dólares com o Silk Road, senão vivia em uma casita de um aposento em São Francisco, dividia com outras duas pessoas, pagando um locação de US$ 1.000 por mês. Seu contorno no Linkedin som sobre o motivo da desmando e uso da força, senão o FBI afirma que ele chegou a tratar um homicida de locação para assassinar um utente do Silk Road, que estava tentando arrancar dinheiro dele. Ulbritch foi capturado pelo FBI internamente da biblioteca pública de São Francisco, próximo de onde morava. Segundo Michelle Jeffers, diretora da biblioteca, de seis a oito agentes entraram no lugareiro e prenderam Ross, levando ainda o laptop que ele estava usando, sem defrontar durabilidade do rapaz. Não é justo o ulterior promitente que se imagina para um juvenil composto em Ciências de materiais na Universidade da Pensilvânia.

Como a policia pegou ele ?

Por haver tanto dificultoso reunir o tráfego de drogas ao site diretamente, o FBI juntou forças com a Drug Enforcement Administration, a Internal Revenue Service e a Homeland Security Investigations para persistir investigando

Com sorte, foi encontrado um post do próprio em 11 de outubro de 2011, procurando um profissional de TI que trabalhasse com Bitcoins, mesma moeda usada no Silk Road. O post pedia que fossem enviados correio eletrônico de interessados para o endereço “rossulbritch at gmail dot com”. Bastou aí um seguimento rápida no Google para adivinhar quão essa cálculo pertencia a Ross Ulbritch. Havia ainda uma cálculo do Google do próprio utente, em que lugar Ulbritch havia postado alguns de seus vídeos favoritos. Os vídeos eram da entidade libertária Mises Institute, no qual soma pontos de aspecto com saúde parecidos com o de Dread Pirate Roberts. O “pirata” inclusivamente postado alguns vídeos da Mises Institute em posts no Silk Road.

Posts Recentes