Empréstimo para Servidor Publico Negativado

emprestimo-para-servidor-publico

Emprestimo para Funcionario Publico Negativado

Depoimentos de nossos clientes

Toinho Bezerra
Aposentado

"Estava pesquisando um empréstimo PARA APOSENTADOS, e encontrei um na Mister Money com as melhores taxas de juros do mercado, Foi tudo muito rápido e fácil, Parabéns a toda equipe"

Flavio Ferreira
Servidor Público

"Estava atrás de um crédito com pouca burocracia e encontrei a Mister Money nas redes sociais e fiz um empréstimo para SERVIDOR PUBLICO para dar uma grande entrada na compra de minha casa, e dessa forma realizei o meu sonho da casa própria."

Lorenzo Melo
Autônomo

"Nenhum banco queria me emprestar por que não tenho renda, fui na Mister Money e eles me mostraram uma solução de empréstimo para clientes que não precisam comprovar e fiz um empréstimo usando a minha CONTA DE ENERGIA."

Empréstimo Servidor Público Negativado

Reproduzir vídeo

É só seguir os passos... É Simples e Seguro!

Emprestimo para negativado funcionario publico

Atualmente, uma das formas de adquirir dinheiro extra para fins diversos de forma rápida e segura é recorrendo a algumas das modalidades de empréstimos existentes no mercado financeiro. Contudo, quem possui restrições nos órgãos de proteção ao crédito e que se encontrem na condição de negativado, não desfrutam das mesmas facilidades para contratação desse serviço. Na modalidade – Empréstimo para servidor público negativado, o solicitante obtém o empréstimo e, posteriormente, necessita quitá-lo às credoras. Os valores a serem ressarcidos são acrescidos de taxas de juros e ou tarifas, a fim de compensar o banco ou instituição financeira que emprestou o dinheiro. No entanto, essa modalidade de empréstimo é uma das mais difíceis de ser obtida, pois a mesma, se restringe as pessoas sem restrições nos órgãos de proteção ao crédito – nome limpo.

Perguntas frequentes

Vejamos! O débito em conta ou conta-salário nada mais é que o recebimento dos proventos mensais por parte de servidores públicos, via depósito bancário. Geralmente, esta conta, é aberta por solicitação da empresa empregadora. No débito em conta ou conta salário não é permitido transferências e ou depósitos de naturezas diversas. Mas, o empregado que preferir pode fazer a portabilidade para outra conta de sua preferência. Ou seja, o empregado passa a receber seu salário no banco desejado – fazendo uso dos diversos serviços, e não fazendo uso da conta aberta pela empregadora.

O empréstimo para servidores públicos para negativados trata-se de uma linha de crédito como quaisquer outros. Ou seja, o solicitante obtém o empréstimo e, posteriormente, necessita quitá-lo às credoras. Os valores a serem ressarcidos são acrescidos de taxas de juros e ou tarifas, a fim de compensar o banco ou instituição financeira que emprestou o dinheiro. No entanto, essa modalidade de empréstimo é uma das mais difíceis de ser obtida, pois a mesma, se restringe as pessoas sem restrições nos órgãos de proteção ao crédito – nome limpo.

Dentre as diversas linhas de crédito no mercado financeiro na atualidade, destaca-se a modalidade de empréstimo pessoal com débito em conta. Nela, os  pagamentos das parcelas são efetuados por meio de débito em conta corrente e ou poupança. Assim, o solicitante não precisa preocupar-se com a data de vencimento, já que o desconto é programado, automaticamente, na conta do contratante. Sendo necessário, é claro, atentar-se à programação dos parcelamentos propostos e  evitar surpresas desagradáveis no final do mês.

Modalidade de empréstimo em que o valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento do servidor público seja na esfera federal, estadual ou municipal. É prático e simples fazer um empréstimo convencional. Pois, devido a  estabilidade financeira dos solicitantes, as empresas credoras ofertam taxas de juros menores em relação à outras modalidades de empréstimos, bem como para outros e profissionais, pois entendem que a possibilidade de inadimplência por parte dos desses é baixa.

Normalmente, os bancos ou instituições financeiras possuem seus critérios específicos em relação aos documentos a solicitar no processo de contratação do serviço de empréstimo, nas suas mais diversas modalidades. Geralmente os documentos solicitados são os seguintes:

  1. Documento de Identificação;
  2. CPF;
  3. Comprovante de residência meses recentes – máximo 90 dias;
  4. Contracheque dos últimos 03 (três) meses ou extrato do beneficiário do INSS;
  5. Carteira de trabalho.

Normalmente, servidores públicos – aposentados e pensionistas, negativados ou não podem contratar empréstimos. No entanto, na condição de negativados –  nome sujo, as taxas de juros costumam ser mais elevadas com intuito de compensar os possíveis riscos de inadimplência. Por isso,  essa linha de crédito ‘emergencial’ não é recomendável. Mas, se fazendo necessário, é bom pesquisar as diversas opções do mercado financeiro que atendem a esse perfil – negativado, e oferecem condições mais saudáveis.

Modalidade de empréstimo em que o valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento do servidor. Ou seja, ao  aderir este serviço, o contratante permite que o banco ou a instituição financeira desconte as parcelas diretamente do seu salário mensal. Normalmente, servidores públicos – aposentados e pensionistas, negativados ou não podem contratar empréstimos em caráter pessoal. Para isso, o solicitante como em quaisquer outras modalidades de empréstimo, passará por análises de crédito a fim de preencher os requisitos necessários para efetivação contratual.

O empréstimo com débito em conta é mais uma das opções de empréstimos para funcionários públicos sejam esses federais, estaduais ou municipais. Nele, os  pagamentos das parcelas NÃO são descontados na folha de pagamento, mas sim, efetuados por meio de débito em conta corrente e ou poupança do solicitante. Sendo necessário, é claro, atentar-se à programação dos parcelamentos propostos e  evitar surpresas desagradáveis no final do mês.

Sim! Atualmente, o percentual de brasileiros em com restrições nos órgãos de proteção ao crédito e na condição de negativado – nome sujo, é elevada. No entanto, há diversas instituições financeiras credenciadas e ou especializadas nessa modalidade de empréstimo que embora  as taxas de juros costumem ser mais elevadas com intuito de compensar os possíveis riscos de inadimplência é bom pesquisar as diversas opções do mercado financeiro que atendem a esse perfil e oferecem condições mais saudáveis.

O empréstimo para servidores públicos negativados trata-se de uma linha de crédito como quaisquer outros. Ou seja, o solicitante obtém o empréstimo e, posteriormente, necessita quitá-lo às credoras. Os valores a serem ressarcidos são acrescidos de taxas de juros e ou tarifas, a fim de compensar o banco ou instituição financeira que emprestou o dinheiro. No entanto, essa modalidade de empréstimo é uma das mais difíceis de ser obtida, pois a mesma, se limita às pessoas sem restrições nos órgãos de proteção ao crédito e NÃO estejam na condição de negativado – nome limpo.

Modalidade de empréstimo para servidor público que opta pelo NÃO pagamento das parcelas (quitação da dívida)  descontado em folha – salário. Nela, as condições de pagamento são diversificadas, como taxas de juros baixas, mas não mínimas – pois não se tem o salário mensal como garantia e prazos para quitação inferiores a 96 (noventa e seis) meses, como na modalidade de empréstimo consignado. Essa linha de crédito também é indicada para quem não pode solicitar o empréstimo consignado, pois não ter margem disponível que permita o desconto.

Como em quaisquer outras modalidades de empréstimo, primeiramente, se faz necessário ao contratante escolher o banco ou a instituição financeira de sua preferência e, sobretudo, que oferte o respectivo serviço. Posteriormente, o (a) interessado (a) deve realizar a simulação a fim de verificar as taxas e tarifas que serão cobradas para o empréstimo – débito em conta, bem como avaliar qual valor será pago mensalmente para quitação da dívida. Em seguida, o banco ou a instituição financeira irá promover a análise de crédito, a fim de identificar o perfil do contratante. Por fim, é importante se apropriar das cláusulas contratuais e havendo concordância entre ambos, seguir com a contratação para posterior liberação financeira.

A diferença é simples! O empréstimo com débito em conta, trata-se de uma modalidade de empréstimo pessoal indicada para quem não possui margem consignável. Nela, as parcelas não são descontadas na folha de pagamento do solicitante, mas sim na conta corrente. Já o empréstimo consignado trata-se de uma modalidade de empréstimo em que o valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento ou benefício do servidor.  É simples e bem mais prático que um empréstimo convencional. Pois, devido a  estabilidade financeira, as empresas credoras ofertam taxas de juros menores em relação à outras modalidades de empréstimos, bem como para outros e profissionais, pois entendem que a possibilidade de inadimplência por parte dos solicitantes é baixa.

Quaisquer tipos de empréstimo requerem planejamento, organização e avaliação, não é mesmo? O ideal seria não precisarmos recorrer a eles! Mas, se necessário, avalie se essa linha de vale à pena o ponto de vista financeiro. Pois, é importante ter a certeza de que haverá saldo em conta nas respectivas datas para quitar as parcelas propostas e, as mesmas, serão descontadas de parte do seu salário.
E, antes de tomar quaisquer decisão, pesquisar e comparar as diferentes propostas de empréstimos e taxas se faz necessário.

Sim! Mas, como vimos anteriormente, essa modalidade de empréstimo – débito em conta, apresenta uma das maiores taxas de juros do mercado, com intuito de compensar os possíveis riscos de inadimplência. Por isso,  essa linha de crédito ‘emergencial’ não é recomendável. Mas, se fazendo necessário, é bom pesquisar as diversas opções do mercado financeiro que atendam a esse perfil – negativado, e ofertem condições mais saudáveis.

É natural que quaisquer pessoas fiquem inseguras ao solicitar um serviço de crédito, em especial, para negativado. Assim, se faz necessário conferir e comparar as taxas de juros e demais condições propostas antes de realizar a contratação. No mais, é preciso ter a certeza de que haverá saldo em conta nas respectivas datas para quitar as parcelas propostas, pois as mesmas, serão descontadas diretamente do seu salário. E, como já dito antes, o empréstimo – débito em conta, para pessoas na condição de negativados – nome sujo, apresenta uma das maiores taxas de juros do mercado, com intuito de compensar os possíveis riscos de inadimplência

Dentre as diversas linhas de crédito no mercado financeiro na atualidade, destaca-se a modalidade de empréstimo pessoal com débito em conta. Nela,  o servidor público opta pelo NÃO pagamento das parcelas (quitação da dívida)  descontado em folha – salário. As condições de pagamento são diversificadas, como taxas de juros baixas, mas não mínimas – pois não se tem o salário mensal como garantia e prazos para quitação inferiores a 96 (noventa e seis meses), como na modalidade de empréstimo consignado. os  pagamentos das parcelas são efetuados por meio de débito em conta corrente e ou poupança. Assim, o solicitante não precisa preocupar-se com a data de vencimento, já que o desconto é programado, automaticamente, na conta do contratante. Sendo necessário, é claro, atentar-se à programação dos parcelamentos propostos e  evitar surpresas desagradáveis no final do mês. Essa linha de crédito também é indicada para quem não pode solicitar o empréstimo consignado, por não ter margem disponível que permita o desconto.

Ao buscarmos pelos diversos serviços de empréstimos existentes, atualmente, no mercado financeiro, atentamos para as taxas de juros e a quantidade de parcelas. Mas, se faz necessário atentar também ao Custo Efetivo Total do serviço – CET, que inclui tudo o que será cobrado na respectiva linha de crédito a ser contratada. Bem como, se apropriar de outros encargos presentes, como as taxas de juros sobre as operações financeiras, Imposto sobre Operações Financeiras – IOF, tarifas cadastrais, dentre outras.

Dentre as mais diversas modalidades de empréstimos ofertadas no mercado financeiro, destaca-se o Empréstimo On-line, cuja finalidade é ofertar aos contratantes maior simplicidade e comodidade à adesão do serviço proposto. Atualmente, os bancos ou instituições financeiras possuem tal serviço, onde até mesmo as simulações, as análises de dados, bem como a contratação do serviço são realizados de maneira segura e à distância. Assim,  o contratante não precisa ir ao banco ou instituição financeira para atravessar todas as etapas que envolvem a contratação do respectivo serviço.

O órgão regulador do sistema financeiro exige que os débitos em contas de depósito e em contas-salário depende de uma prévia autorização do seu titular. Essa medida tem como objetivo a segurança das operações e diminuir a ocorrência de fraudes bancárias. A prévia autorização de débitos é necessário para que a instituição consiga prosseguir com o empréstimo.

Pelo o que foi mencionado e visto até aqui, o empréstimo para o servidor público com débito na conta bancária do cliente é uma ótima opção para o servidor que não tem margem para adquirir o empréstimo consignado. Com ele o cliente tem a parcela descontada diretamente em sua conta bancária, garantindo o pagamento da parcela sem atraso ou inadimplência.


A história da Mister Money



A Mister Money nasceu com o propósito de mostrar que é possível sair de dívidas caras com taxas menores e mais justas para o seu bolso. Somos uma plataforma de empréstimos online que facilita o acesso ao crédito pessoal ou consignado de forma rápida, online, segura e que melhor se encaixa no seu perfil.

Horário de funcionamento

De segunda a sexta das 8:00h às 17:50h
E aos Sábados das 8:00h às 12h

Central de atendimento

(88) 3111-0000

E-mail:

contato@mistermoneycred.com.br

Horário de funcionamento

De segunda a sexta das 8:30h às 17:50h
E aos Sábados das 8:30h às 12h

Central de Atendimento

(88) 3111-0000

E-mail

contato@mistermoneycred.com.br

Ouvidoria:

ouvidoria@mistermoneycred.com.br

Institucional

Transparência

Ouvidoria

ouvidoria@mistermoneycred.com.br

Informações legais

O domínio http://www.mistermoneycred.com.br/ e a marca Mister Money pertencem à A A BARBALHO BEZERRA ME - CNPJ: 01.150.875/0001-32 com sede em Sobral-CE A Mister Money não é uma instituição financeira, somos correspondentes bancário com uma plataforma online que facilita o acesso das pessoas aos produtos e serviços financeiros ofertados por empresas credenciadas na plataforma, prestando serviços de intermediação e atendimento aos clientes e usuários de instituições financeiras que estão ligadas conosco através dessa plataforma http://www.mistermoneycred.com.br/ para o preenchimentos de propostas. Atuamos como correspondente bancário de instituições financeiras nos termos da resolução 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 do Banco Central do Brasil. Toda avaliação será realizada conforme a política de crédito da Instituição Financeira e produto desejado. Antes da contratação de qualquer serviço através da Mister Money, você receberá todas as condições e informações relativas ao empréstimo de forma completa e transparente, incluindo impostos incidentes (IOF) e o custo efetivo total (CET) da operação. O atraso ou não pagamento de prestações do contrato de empréstimo pessoal pode ter consequências legais, tais como a inclusão de nome nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito, o protesto de títulos e o ajuizamento de ações de cobrança.

Mister Money © Copyright 2021

Empréstimo Campeão!

Saque aniversário FGTS

Só nos enviar seus dados para contato!

Só nos enviar seus dados para contato!