Financiamento Imobiliário

financiamento-imobiliario

Simulador financiamento imóvel


Depoimentos de nossos clientes

Toinho Bezerra
Aposentado

"Estava pesquisando um empréstimo PARA APOSENTADOS, e encontrei um na Mister Money com as melhores taxas de juros do mercado, Foi tudo muito rápido e fácil, Parabéns a toda equipe"

Flavio Ferreira
Servidor Público

"Estava atrás de um crédito com pouca burocracia e encontrei a Mister Money nas redes sociais e fiz um empréstimo para SERVIDOR PUBLICO para dar uma grande entrada na compra de minha casa, e dessa forma realizei o meu sonho da casa própria."

Lorenzo Melo
Autônomo

"Nenhum banco queria me emprestar por que não tenho renda, fui na Mister Money e eles me mostraram uma solução de empréstimo para clientes que não precisam comprovar e fiz um empréstimo usando a minha CONTA DE ENERGIA."


Crédito Imobiliário

Reproduzir vídeo



Perguntas frequentes

O financiamento Imobiliário no Brasil é uma modalidade de crédito que visa a aquisição de imóveis. Os recursos liberados – geralmente até 90% do valor, pela instituição financeira permitem a compra do bem pelo cliente que, posteriormente quitará o débito parcelado, acrescidos de taxas de correção e juros. Os recursos são oriundos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, Contas Poupança e ou emitidos via títulos de crédito imobiliário. O imóvel pode ser comprado ainda na planta, em construção, seminovo ou novo.

Para proceder com a modalidade de Financiamento Imobiliário se faz necessário seguir alguns passos. Dentre eles, o interessado precisará escolher um imóvel cujo preço seja compatível com à renda e pesquisar no mercado a instituição financeira que oferte as melhores condições. Posteriormente, apresentar a documentação necessária exigida pela instituição para a transação, bem como preencher formulários necessários e aguardar! O prazo médio para essa transação varia entre 30 e 60 dias. Havendo aprovação, o interessado comparecerá a instituição para assinatura do contrato e demais encaminhamentos –  repasse financeiro à aquisição do bem e parcelamento da dívida.

Após a escolha do imóvel pelo cliente de acordo com as devidas condições financeiras, um correspondente bancário credenciado pela instituição financeira analisará os documentos necessários do imóvel e do comprador para aprovarão contratual. Sendo esses: RG e CPF dos proponentes. Quando solteiros Certidão de Nascimento, quando casados Certidão de Casamento, quando divorciados Certidão de Casamento com averbação do Divórcio.  Certidão de Casamento com averbação do Óbito em caso de viúvos (as). Comprovante de Residência atualizados (água, luz, gás, telefone etc.), Comprovante de Renda atualizados (contracheque, IR, extratos bancário etc.), Carteira de Trabalho – CTPS e entrevista para validação da proposta de financiamento imobiliário.

Para definição do valor de um imóvel no financiamento imobiliário, as instituições financeiras fazem uso do Laudo de Avaliação do Imóvel – documento que apresenta análise com critérios definidos e estima, de acordo com o mercado, o valor do imóvel. Geralmente, o valor orçado é menor que o estabelecido em mercado, fazendo com que o comprador assuma a diferença, já que os financiamentos custeiam até 80% do valor integral do imóvel.

Os sistemas de financiamento imobiliário do Brasil mais conhecidos são o SFH e o SFI. No Sistema Financeiro Habitacional – SFH os recursos são oriundos do Fundo de Garantida por Tempo de Serviço – FGTS, bem como dos depósitos na Caderneta de Poupança. Já no Sistema de Financiamento Imobiliário – SFI, o princípio é negociação livre entre interessado e instituição financeira, ou seja, a transação não está sujeita à limites, como no sistema SFH. Os recursos são recolhidos no mercado, via emissão de títulos imobiliários.


É só seguir os passos... É Simples e Seguro!


Financiamento de Imovel

O sonho da casa própria está presente em todos nós. A realização desse sonho representa segurança, firmação e independência. Mas, a conquista desse feito, não é algo tão simples assim! A altos preços da atualidade e a dificuldade em ‘juntar’ dinheiro para efetuar a compra à vista são alguns dos fatores que interrompem a realização desse sonho. No entanto, o financiamento imobiliário vem esperançar o coração de muitos brasileiros.

Como calcular as prestações do financiamento imobiliário?

Normalmente, o valor do imóvel a ser financiado se constitui de:

  1. Amortização – montante a ser financiado;
  2. Taxa de juros – remuneração pelo serviço prestado da instituição
    financeira;
  3. Seguros diversos – danos físicos, morte e ou invalidez temporária;
  4. Taxas administrativas.

É preciso ficar atento (a), pois diversas instituições financeiras costumam incluir despesas cartorárias. Essa é uma das ações que costumam onerar os cálculos financeiros no financiamento imobiliário.

Juros

A retribuição do serviço prestado cobrado pelo banco ou instituição financeira no repasse do recurso necessário à aquisição do bem, geram os juros. No Sistema Financeiro Habitacional – SFH, os juros são limitados a 12% ao ano.
Já no Sistema de Financiamento Imobiliário – SFI, não há limitação legal. Mas, é válido lembrar que regularmente, o Banco Central publica pesquisas apresentando os juros cobrados por instituições financeiras diversas.

Qual a diferença entre crédito imobiliário e financiamento imobiliário?

Crédito Imobiliário trata-se de uma linha de crédito cuja finalidade é ofertada pelas instituições financeiras para a compra de imóveis, para moradia ou para comércio. Os recursos liberados permitem a compra do bem pelo cliente que, posteriormente quitará o débito parcelado, acrescidos de taxas de correção e juros. Essa ação também é conhecida como Financiamento Imobiliário.

O processo de financiamento imobiliário, como funciona?

Primeiramente, o interessado deve visitar uma instituição financeira que oferte a modalidade de crédito Financiamento Imobiliário, conhecer as condições contratuais que envolve esse processo, ciente disso, apresentar os documentos necessários e preencher seu cadastro de interesse.
Posteriormente, a instituição financeira analisará os riscos de crédito do interessado culminando na aprovação ou não do financiamento. Uma vez aprovado, a instituição financeira proverá o valor necessário à aquisição do bem e cliente inicia a quitação desse, parceladamente.

Quais as etapas para compra de um imóvel financiado?

O interessado precisa escolher um imóvel cujo preço seja compatível com à renda, visitar uma instituição financeira que oferte tal modalidade de crédito, se apropriar das condições contratuais, taxas e juros envolvidos no processo, apresentar as documentações necessárias – seja do imóvel ou do comprador, exigida pela instituição para efetivação da transação e preencher seu cadastro
de interesse. Aguardar análise dos riscos de crédito para aprovação
interessado feita pela instituição financeira e posterior assinatura contratual. O prazo médio para essa transação varia entre 30 e 60 dias.


A história da Mister Money

A Mister Money nasceu com o propósito de mostrar que é possível sair de dívidas caras com taxas menores e mais justas para o seu bolso.
Somos uma plataforma de empréstimos online que facilita o acesso ao crédito pessoal ou consignado de forma rápida, online, segura e que melhor se encaixa no seu perfil.

Empréstimo Campeão!

Saque aniversário FGTS

Só nos enviar seus dados para contato!

Só nos enviar seus dados para contato!